Arte, Moda, Cultura

Calendário Pirelli 2017: A beleza real

O icônico calendário Pirelli é conhecido por trazer, anualmente, fotos super sensuais de modelos, mas desde o ano passado passa por mudanças. Em 2016, decidiu destacar mulheres de notáveis conquistas profissionais, sociais, culturais, esportivas e artísticas – a tenista Serena Williams, a comediante Amy Schumer e a cantora Patti Smith, dentre outras, foram fotografadas pela americana Annie Leibovitz – e este ano, trouxe a proposta de retratar a beleza feminina nua e crua, sem destacar padrões de beleza.

Segundo Peter Lindbergh, responsável pelas fotos, retratar a “beleza real”, sem qualquer retoque ou photoshop, era seu modo de dizer que não aceita a o ideal de beleza criado para propósitos comerciais, excessivamente ligado à ideia de juventude e perfeição. Ele diz que simplesmente queria lembrar as pessoas o que a beleza realmente é.

nicole_kidman

Nicole Kidman

O calendário traz as atrizes Nicole Kidman, Kate Winslet, Penélope Cruz, Zhang Ziyi, Helen Mirren, Alicia Vikander, Robin Wright, Léa Seydoux, Rooney Mara, Julianne Moore, Uma Thurman, Charlotte Rampling,  Lupita Nyong’o e Jessica Chastain, além de Anastasia Ignatoya, professora de Ciências Políticas da Universidade de Moscou.

julianne_moore

Julianne Moore

lupita

Lupita Nyong’o

Lindbergh disse: “Em uma época em que as mulheres são representadas pela mídia e por toda a parte como embaixadoras da perfeição e da juventude, eu pensei que seria importante lembrar todo mundo que existe uma beleza diferente dessa, mais real e autêntica, que não seja manipulada para interesses comerciais, dentre outros. Isso é importante, não? Uma beleza que fala sobre individualidade, coragem para ser você mesma, e sua própria sensibilidade. Essa é a minha definição de mulher hoje”. Falou bonito!

robin_wright

Robin Wright

O calendário será composto por 40 fotografias feitas em estúdio e também em cenários nas cidades de Los Angeles, Nova York, Berlim e Londres. Ele é distribuído somente para os clientes da Pirelli, mas com o tempo vão revelando mais cliques – quero muito ver tudo!

uma_thurman

Uma Thurman

No Youtube, saiu um vídeo com os bastidores do photoshoot e entrevistas com o fotógrafo e as atrizes, para quem se interessar em ver!

Beijos,

Luisa

30 nov 2016
Comente
Compartilhe

Me siga no Instagram: @luisa.accorsi

Arte, Cultura

Vendedores de Rua no Vietnã

A fotógrafa holandesa Loes Heerink viveu alguns anos em Hanoi, no Vietnã e, fascinada pela cultura do país, começou um projeto de fotografar as vendedores de rua com suas bicicletas – a maioria são mulheres que vendem frutas, vegetais, flores e outros pequenos itens para ajudar a família. Loes disse que ficava horas em pontes e locações altas da cidade esperando as vendedoras passarem, e muitos dias não conseguia uma única fotografia. O esforço compensou, porque as fotos são realmente lindas: quando eu estive no Vietnã, fiquei surpresa com a quantidade de bicicletas e motos nas ruas (é uma coisa realmente caótica e nada que eu tinha experimentado antes), e adorei a forma como a fotógrafa conseguiu capturar esses momentos.

vietna1 vietna2 vietna3 vietna4 vietna5 vietna6 vietna7 vietna8 vietna9

Espero que essas imagens façam vocês, quando puderem, irem visitarem esse país tão lindo e colorido <3

Beijos,

Luisa

18 nov 2016
Comente
Compartilhe

Me acompanhe no YouTube!

Arte, Cultura

Fotografia: Oleg Oprisco

Já comentei várias vezes por aqui sobre a minha paixão por fotografia – sou bem leiga no assunto (já fiz alguns cursos e claro, li e assisti milhões de tutoriais) mas adoraria me aperfeiçoar e mergulhar mais nessa arte!

Mesmo antes de começar o blog sempre gostei de fuçar na internet atrás de fotos inspiradoras e trabalhos de fotógrafos bastante ou pouco conhecidos. Claro que minhas fotos evoluíram muito, mas sempre me preocupei com a luz, a qualidade das imagens… Até hoje isso é minha prioridade, tanto aqui quanto no Instagram! Se a foto não fica boa, não tem jeito: não coloco, não adianta! Haha! #tocs

Pelas minhas andanças na internet me deparei com o trabalho maravilhoso do fotógrafo ucraniano Oleg Oprisco: suas fotos tem um quê de surrealismo e parece que fazem parte de um sonho ou de um conto de fadas. Achei incrível que ele usa a técnica “old school”, ou seja, uma câmera super antiga, filme fotográfico e – acreditem – zero photoshop! O segredo, segundo o próprio Oleg, é a preparação das fotos: ele pensa no conceito e na paleta de cores, nas roupas e a maquiagem das modelos e na locação – tudo para que o resultado seja o mais harmônico possível.

oprisco1 oleg2 oleg3 oleg4 oleg5 oleg oleg6 oleg7 oleg9 oleg11

Incrível, né? Para quem se interessou, confiram o Instagram dele que é demais!

Beijos,

Luisa

13 out 2016
Comente
Compartilhe

Me siga no Instagram: @luisa.accorsi

Vietnam, Lifestyle, Cultura

Retratos, Vietnã

1-vietnã

Fotografar um estranho na rua, em um país totalmente diferente, é mais difícil do que a gente imagina. Primeiro, devemos superar a vergonha e nos aproximar da pessoa; depois, tentar conversar e ganhar a confiança de alguém que não fala sua língua e tem outra cultura; e por fim, conseguir capturar, de alguma forma, a alma e a história daquela pessoa por meio da foto. Na era das selfies, nunca imaginei que fotografar fosse tão difícil – e tão recompensador! Eu sempre amei fotografia, mas a experiência de me aventurar pelas vielas de Hoi An, no Vietnã, descobrir lugares secretos, me infiltrar e ter contato com a intimidade de um povo tão diferente foi algo maravilhoso e que, com certeza, vai ficar para sempre na minha memória.

O resultado são as fotos e retratos desse post, que mostram as cores do Vietnã e seu povo: a curiosidade das crianças e a força das mulheres, que me deixaram maravilhada com sua garra e resiliência. São elas a força motriz daquela sociedade ainda muito machista. As vietnamitas, desde muito novas até muito velhas, estão por toda parte, trabalhando – vendem peixe nos mercados, tem barraquinhas de comida, são costureiras, plantam arroz, cuidam da casa e dos filhos…  Muitas vezes, essa vida de trabalho pesado está estampada nos seus rostos.

2-vietnã 3-vietnã 4-vietnã 5-vietnã 6-vietnã 7-vietnã 8-vietnã 9-vietnã 10-vietnã 11-vietnã 12-vietnã 13-vietnã 14-vietnã 15-vietnã 16-vietnã 17-vietnã 18-vietnã 19-vietnã 20-vietnã 21-vietnã 22-vietnã 23-vietnã 24-vietnã 26-vietnã 27-vietnã 25-vientam

 

28-vietnã 29-vietnã 30-vietnã 31-vietnã

Para conseguir tirar essas fotos, tive ajuda de um professor, o Pieter, um fotógrafo que mora no Vietnã há anos e que me ensinou técnicas de fotografia, de como abordar estranhos e me ensinou um pouco sobre a cultura daquele país. O passeio chamado “Hoi An Photo Walk“, e vale muito a pena – com certeza consegui ver o Vietnã com outros olhos…

Beijos,
Luisa

24 maio 2016
Comente
Compartilhe

Me acompanhe no YouTube!

1 2 3 7