Viagens, Itália, Lifestyle

Dicas de Restaurantes em Roma – Parte 2

Já falei várias vezes que Roma é minha cidade preferida na Itália! Não só pela beleza, cultura e charme meio bagunçado, mas também pela comida, claro – tem carbonara, cacio e pepe, saltimbocca alla romana… uma coisa melhor que a outra! Nesse vídeo que fiz com dicas para quem vai viajar para a Itália falei que cada cidade italiana tem seus pratos típicos, por isso é legal pesquisar antes porque com certeza serão os melhores do restaurante!

Lembrando que já fiz um post com Dicas de Restaurantes de Roma, por isso vou dar a dica desses “novos” que fomos dessa última vez e amamos!

Flavio Al Velavevodetto

Esse restaurante é super simples, bem antigo e serve comida tipicamente romana – ou seja, os clássicos que falei ali em cima. O restaurante não fica no centro de Roma (um fica no bairro Testaccio, onde fomos, e outro em Prati) mas vale super a pena para quem quer comer um dos melhores carbonara/cacio e pepe da vida! A nossa mesa pediu exatamente isso e, de entrada, o famoso “carciofo alla giudia”, ou alcachofra frita. O inverno é a estação da alcachofra, então aproveitamos e comemos em quase todos os restaurantes!

Osteria delle Coppelle

Essa foi uma super dica de uma amiga minha de Roma – o lugar é bem jovem, animado e descontraído, com preços ótimos! Apesar da Osteria ficar no centro da cidade, perto da Piazza Navona, o lugar é super insider e só vimos italianos por lá! Os tradicionais romanos valem super a pena mas o saltimbocca alla romana, carne de vitela bem fininha com presunto de Parma, é especial. Ah, quem estiver animado e quiser esticar a noite, fica a dica: tem um “bar secreto” super bombado ao lado, que você entra pelo próprio restaurante!

*Casa Coppelle: fica ao lado da Osteria e é o primo mais formal e caro também. O almoço tem um esquema bem legal: 2 pratos por 30 euros e tudo estava muito bom!

Marzapane

Adoro ir a restaurantes que tem chefs mulheres (#girlpower) e o Marzapane é comandado pela jovem Alba Esteve Ruiz, espanhola apaixonada pela Itália que já trabalhou no El Celler, número 2 do mundo – lembram que fui no ano passado? É um restaurante refinado, com pratos bem elaborados que mostram bastante essa mistura italiana com espanhola – eu amei muito! Nós pedimos o menú a la carne (tem a opção do menú degustação também) e destaco o gnocchi – minúsculo – com feijão defumado, funghi e cebola e o tortellini recheado de galinha d’angola e molho de queijo – me deu uma fome agora…

Da Brando

Outra dica da minha amiga romana e uma opção zero turística na cidade! O Da Brando fica longe do centro, perto da Ponte Milvio, que é um “point” entre os jovens romanos (a noite fica super animado). O ambiente é descontraído, bem cool, e a comida super gostosa e com preço muito bom – para variar, pedi carbonara e uma mozzarella de búfala frita de entrada (#almoçolight), apenas uma das melhores coisas que já comi!

Ristorante L’Arcangelo

Estávamos com desejo de comer gnocchi, dei uma pesquisada e descobri o L’Arcangelo, que é famoso pelo seu gnocchi all’amatriciana, um molho à base de tomate, bacon e queijo pecorino. Realmente, é de comer rezando! O restaurante fica em uma região menos turística de Roma, do outro lado do rio (relativamente perto do Vaticano) e vale muito a pena para quem quiser dar uma variada nos carbonaras, cacio e pepes etc – não são todos os restaurantes de Roma que tem gnocchi no cardápio! De entrada, pedi o puntarelle (um vegetal muito típico da região!) com lula e polenta… estava muito bom!

Pipero Roma

Foi o restaurante mais chique que fomos na viagem. O Pipero tem estrela Michelin, então o ambiente é super sofisticado, com design clean e moderno e serviço impecável. Pedimos o menú degustação (custou 100 euros por pessoa) com 5 pratos – deu um pouco de medo porque foi uma surpresa, só perguntaram se tínhamos alguma alergia ou se não gostávamos de algum ingrediente – mas deu tudo certo, foi um jantar inesquecível! A cozinha é italiana com alguns toques inovadores, como a carbonara com um pouco de limão e o rigatoni com brócolis romano, linguiça e espuma de queijo pecorino. Incrível!

Beijos,

Luisa

08 fev 2018
Comente
Compartilhe

Me siga no Instagram: @luisa.accorsi

Viagens, Itália, Lifestyle

Hotel em Roma: G-Rough

Roma é minha cidade preferida da Europa – já fui várias vezes para lá, mas o hotel que fiquei na minha última estadia na cidade eterna foi, sem dúvidas, meu preferido! O G-Rough é um hotel boutique localizado em um palazzo do Século 17, super charmoso e cheio de história. Fiquei encantada!

O conceito do G-Rough é super diferente: o hotel tem apenas 10 quartos, cada um com uma decoração diferente em homenagem a icônicos designers italianos do Século 20. É uma mistura de moderno com rústico, com detalhes em madeira, chão com mosaicos e paredes envelhecidas – tem até um quarto com afrescos originais do Século XVI. É tudo muito cool e ao mesmo tempo super aconchegante… me senti em casa!

A localização também é perfeita, bem no centro histórico de Roma. O G-Rough fica na Piazza Pasquino, que fica ao lado da Piazza Navona e a um pulo do Pantheon. O legal é que, nos arredores, tem umas ruazinhas estreitas com ótimos restaurantes, lojinhas diferentes e gelaterias – o staff do hotel, que é super solícito, pode dar ótimas dicas (menos turísticas) e programar tours mais inconvencionais. Para quem tiver coragem de dirigir no trânsito caótico de Roma, dá até para alugar uma Vespa!

Cool, rústico, moderno e super aconchegante!

Outro lugar imperdível no hotel é o G-Bar, que tem uma decoração super descolada – e bomba, até o romanos vão ali no final da tarde para tomar o famoso aperitivo (ou happy hour, para nós). Ah, o café da manhã é também dos deuses: tem uma cozinheira que prepara o que você quiser, na hora!

Amei o G-Rough, é bem o tipo de hotel que eu gosto, sabem? Estou amando ficar nesses hotéis menores, com poucos quartos e mais descolados! Super recomendo 🙂

Piazza di Paquino 69, 00186 Roma

Preço: em média, 300 euros/diária (o preço varia conforme a época).

Beijos,

Luisa

19 abr 2017
Comente
Compartilhe

Me acompanhe no YouTube!

Viagens, Itália

Dica de restaurantes em Roma

Oi, gente! Fomos em restaurantes tão maravilhosos em Roma (para quem quiser ver detalhes, vejam os vlogs diários da viagem – filmei tudo!) que não podia deixar de fazer um post aqui no blog também! Roma é uma das minhas cidades preferidas do mundo e uma das suas melhores coisas é, claro, a comida – o spaghetti a carbonara, o cacio e pepe (molho de macarrão com um queijo típico de lá e pimenta) e a alcachofra frita são apenas algumas das delícias típicas da cidade!

Settimio all’Arancio: eu vou nesse restaurante desde a primeira vez que fui para Roma! Ele fica perto da Piazza di Spagna (daquelas famosas escadarias), o centro de compras da cidade. É legal dar uma voltinha por ali e parar no Settimio para almoçar! O ambiente é acolhedor, os garçons são super simpáticos e a comida é uma delícia (com preço ótimo) – desta última vez, comi um spaghetti ao vôngole dos deuses! Via dell’arancio, 50

Armando Al Pantheon: também fui nesse todas as vezes que visitei a cidade e nunca me decepciono! O local do Armando é estratégico, pertinho do Pantheon, e o lugar é bem pequeno – faça reserva com bastante antecedência, o restaurante já ganhou vários prêmios e é bem concorrido! A entrada com mozzarella de búfala com alcachofra e a carbonara são de comer rezando! Ah, se tiver mais um espacinho vale pedir também a saltimbocca alla romana, carne de vitela com presunto de parma e sálvia. Salita dei Crescenzi, 31 

Per Me: nada melhor do que restaurantes bem tradicionais de comida Romana, mas para mudar um pouco decidimos também ir a esse restaurante que acabou de ganhar uma estrela Michelin – a comida é bem mais sofisticada e focada no mar, sem nunca esquecer os elementos da culinária local. Pedimos o menú degustação e experimentamos pratos bem polêmicos (intestino de peixe, por exemplo! Haha!), mas voltaria mil vezes! A carbonara do mar, releitura da clássico carbonara com bottarga e queijo parmigiano, foi meu prato preferido! Vicolo del Malpasso, 9

Salumeria Roscioli: essa salumeria é uma famosa e antiga delicatessen que tem um restaurante nos fundos – o local é bem descontraído, bem legal para ir jantar! Pedimos salames e burrata de entrada (incrível!) e eu ousei no prato principal: fettuccine com funghi porcini, lascas de queijo parmigiano e bacalhau! Combinação inusitada que deu certo… Via dei Giubbonari, 21/22

Isola d’Oro: indicação maravilhosa da minha amiga Elizabeth, que mora em Roma há anos, o restaurante fica em um bairro afastado, nada turístico. A especialidade do Isola d’Oro são frutos do mar: as entradas são imperdíveis, mas não deixe de pedir de prato principal o orecchiette (massa típica do sul da Itália) com creme de tartufo, flor de abóbora, lagostim e bottarga – meu prato preferido de toda a viagem! Via Salaria, 180

La Gatta Mangiona: pensem na melhor pizza que você poderia comer na sua vida e multiplique por mil. A pizzaria fica em um bairro residencial de Roma e é bem famosa entre os locais! O lugar é super simples e barulhento, bem italiano mesmo, mas se prepare em pirar com a infinidade de sabores de pizzas, uma mais maravilhosa que a outra! De entrada, peça os famosos “fritti” (o croquete com ricota e espinafre é especial). Via Federico Ozanam, 30

Baccano: localizado no centro da cidade, o Baccano é outro restaurante de Roma que não canso de voltar! Ambiente ótimo, bom atendimento e menú cheio de opções maravilhosas… Via delle Muratte, 23

Beijos,

Luisa

15 fev 2017
Comente
Compartilhe

Me siga no Instagram: @luisa.accorsi

Viagens, Itália

Diário de viagem: Roma

Minha passagem por Roma foi rápida – fiquei só 2 dias por lá! – então decidi fazer um “resumão” da viagem aqui para vocês, ok?

Processed with VSCOcam with f1 presetLook 1: O primeiro look que usei, na noite que nós chegamos, foi um macaquinho de renda preta da Intermix que comprei em Miami.

Processed with VSCOcam with e1 preset Processed with VSCOcam with f2 preset Processed with VSCOcam with f2 presetRestaurante Baccano: É um dos meus restaurantes preferidos em Roma, já até fiz post sobre ele aqui! É super bem localizado, super cool, e tem uma comida maravilhosa. Pedi o Spaguetti Carbonara e minha mãe pediu o Bucatini All’Amatriciana – dois pratos típicos de Roma – e estavam perfeitos! De sobremesa, escolhemos o Creme brule de pistache, que também estava divino.

Processed with VSCOcam with f1 preset IMG_4417 Processed with VSCOcam with f1 presetLook 2: No outro dia, resolvemos passear pelos arredores da Piazza Spagna, zona mais turística de Roma. Eu usei um look com vibe retrô, meio anos 60: saia jeans da coleção da Alexa Chung para AG, bota over the knee de camurça da Zara (estou apaixonada por ela!), blusa de gola alta e mochila Louis Vuitton.

Processed with VSCOcam with a6 presetProcessed with VSCOcam with a6 presetCompras: Não dava para ir para Itália sem fazer umas comprinhas, né!? Haha! Fomos na Zara, que está com uma coleção incrível (queria muito esse vestido branco da foto, mas não ficou bom em mim!); e em algumas lojas mais chics à procura de um sapato e uma bolsa! Me apaixonei por esse da Fendi <3

Processed with VSCOcam with e6 preset Processed with VSCOcam with f2 presetSettimo All’Arancio: Depois de fazermos algumas compras, decidimos almoçar nesse restaurante, que eu amo (também já fiz post sobre ele aqui!). É super bem localizado e tem uma comida deliciosa – clássica, bem feita, e com preço bom. Escolhi o Spaguetti Cacio e Pepe (outro clássico de Roma) e minha mãe foi no Carbonara… divinos!

Processed with VSCOcam with f2 preset Processed with VSCOcam with f2 preset Processed with VSCOcam with f1 presetCasamento: Bom, vocês já devem estar com overdose desse casamento, né!? Mas não podia fazer meu “Diário de Roma” sem mencionar essa festa maravilhosa, e dividir algumas fotos exclusivas com vocês!!

Gente, para quem está de viagem marcada, tem várias outras dicas de Roma e da Itália em geral aqui 🙂

Beijos,

Luisa

 

17 abr 2015
Comente
Compartilhe

Me acompanhe no YouTube!