Slider

Saúde, Bem Estar

Dicas para combater o cansaço no meio do dia!

Sempre fui de acordar cedo, animada e de bom humor (sim, sou daquelas pessoas que irritam de tão felizes de manhã! Haha) – tanto que meu horário preferido para fazer exercícios é pela manhã. Mas lá por umas 15h ou 16h, em pleno horário de trabalho e quando eu mais preciso de energia, me dá um desânimo e muito cansaço. É o chamado “mid-day slump”, em inglês, e acontece com muita gente! Ao invés de tomar uma coca zero (#vício #seiqueéerrado) estou testando outras alternativas mais saudáveis que estão super me ajudando. Vou compartilhar com vocês:

Tomar um suplemento vitamínico na hora do almoço: Não sou médica e por isso não quero e nem posso indicar nada para vocês, mas o cansaço pode estar relacionado à várias coisas que acontecem no nosso corpo, inclusive a carência de certas vitaminas. Existem suplementos multivitamínicos próprios para mulheres que ajudam muito! Mantenha sempre seus exames de sangue em dia, consulte um médico e fale sobre o seu cansaço.

Alimentar-se de forma equilibrada: Jura, Luisa? Sei que é clichê, mas acho que é sempre bom repetir que comer com equilíbrio é a melhor dieta que existe! Sempre fui de comer certinho e desde que me mudei para São Paulo a correria da minha vida se multiplicou por 10. Às vezes percebo no meio da tarde que não almocei, e isso é péssimo! É sempre bom se policiar e não esquecer de levar lanchinhos saudáveis na bolsa.

Sempre tenha água na sua mesa: Sabiam que a desidratação é uma causa muito comum de fadiga e dores de cabeça? Confesso que às vezes esqueço de tomar água, e desde que comecei a trabalhar sempre com uma jarra do meu lado me senti muito melhor.

Substitua a coca zero ou o café pelo chá verde: Às vezes precisamos de um “boost”, né? Esses dias eu estava lendo que a cafeína do chá verde é uma alternativa muito melhor àquela do café (ou coca zero, minha opção nada saudável! Haha) porque ela tem um aminoácido calmante chamado teanina, que estimula o relaxamento em momentos de stress mas sem causar sono. Ou seja, você vai acordar E relaxar ao mesmo tempo!

Durma de sete horas e meia a nove horas por noite: Dormir muito é tão ruim quanto dormir pouco. Às vezes, o cansaço acumulado pode nos fazer dormir em excesso, sim! Por isso, eu falo de novo: é sempre bom ir ao médico, descobrir a causa e tratá-la.

Beijos,

Luisa

15 mar 2019
Comente
Compartilhe

Saúde, Bem Estar

Quentinha, relaxada e sem dores no inverno!

Gente, que frio é esse que está fazendo em São Paulo? Cheguei do verão europeu com o maior bronze e é lógico que ele não será aproveitado… estou encapotada, haha! Além dos cobertores, claro, o que está me ajudando (muito) nesse frio são as pantufas térmicas – sim gente, meu sonho existe! – da Grãos e Aromas, que há 14 anos desenvolve produtos feitos para relaxar, acalmar e aliviar dores.

Tem coisa mais fofa?

É só aquecer as pantufas por 2 minutos no microondas e pronto! Além de deixarem os pés quentinhos, a marca usa em todos os seus produtos ervas e especiarias selecionadas – elas são chamadas de sementes terapêuticas porque potencializam o efeito do calor, massageam e relaxam ainda mais, melhorando as dores. Tem também o cheiro, que é delicioso! Imaginem colocar essa pantufa depois daquela festa que você dançou a noite inteira com um salto gigante?

Ah, lembrando que elas não são próprias para caminhar (devido ao peso e por sujar as solas) – melhor usar elas sentada ou deitada!

A Grãos e Aromas tem produtos para todas as regiões do corpo, dos pés à cabeça, literalmente! Tem as compressas térmicas para a lombar, cervical e joelho, sachê para sinusite, máscara para olhos e até próprias para bebês! Ah, lembrando que eles também podem ser usados frios – é só deixar no freezer durante 2 horas e a sensação é super refrescante, ótima para o verão! Agora só estamos pensando no “modo” quente, né?

A durabilidade do aroma das ervas é de no mínimo 2 anos e o produto pode durar muito mais se usado e armazenado de modo correto, de acordo com as instruções que acompanham cada peça 🙂 Amo o capricho e a qualidade dos produtos da marca, virei fã e vou usar sempre!

Beijos,

Luisa

07 ago 2018
Comente
Compartilhe

Saúde, Bem Estar, Lifestyle

9 Dicas para Beber Mais Água

Gente beber água é muito importante para TUDO – não só deixa a pele incrível, mas faz bem para o nosso corpo. Eu demorei muito para me acostumar com o hábito de tomar muita água, mas posso dizer que senti uma diferença gigante no meu bem estar. Uma boa dica é carregar uma garrafa de 1 litro na bolsa (nada prático, eu sei, mas vale a pena!) e enchê-la de 2 a 3 vezes ao dia.

Conheço muitas pessoas que bebem 1 único copo por dia! Vocês não sabem o quão mal isso faz para o organismo, pois o ideal seria beber uns 10 copos por dia. Beber muita água pode melhorar sua digestão, imunidade, diminuir dores de cabeça… Digamos que é um santo remédio.

1) Tente beber 1 a 2 copos de água à temperatura ambiente todas as manhãs antes de qualquer outra coisa. Você pode em seguida tomar água com  limão para aumentar o metabolismo!
2) Algumas pessoas usam canudo. Bebendo de canudo ajuda a bebida a desaparecer antes que possam piscar. Não sei o que é, mas aparentemente canudos parecem ser eficazes!
3) Invista em um bom filtro e garrafa que você goste. Beber água limpa e purificada é o melhor caminho, e torná-se mais agradável, escolhendo uma garrafa de água que você gosta.
4) Coma sua água. Que? Sim. Coma mais frutas e vegetais que são compostos principalmente de água, como pepino, aipo, melancia, rabanete, alface, citrinos e pimentões.

5 )Um por um. Cada vez que você tem um refrigerante, suco ou bebida alcoólica, beba um copo de água. (Este pode ser um problema, você terá que ir no banheiro algumas vezes hahaha.)
6) Fazer lembretes. Nota para si mesmo no espelho, o frigorífico, a porta. Ou baixar um aplicativo que acompanha o seu consumo diário e te lembra para beber água!
7) Beber água mineral com gás. Se você é um fã de sódio, isso pode ser uma maneira mais fácil de reduzir o refrigerante e beber mais água. Porque não né?
8) Cada vez que tomar um copo aproveite e tome mais um, se force a isso. Depois de um tempo seu corpo vai começar a pedir que você tome essa atitude.
9 Defina uma meta para cada dia e estar atento. Fazer progressos. Você vai começar a ver como se sente bem.

Beijos,

Lu

30 maio 2016
Comente
Compartilhe

Comportamento, Bem Estar

Deixe-a entrar, mas não a convide para ficar

shutterstock_194808668

Ela chegou de mansinho. Como quem não quer nada, dando pequenas demonstrações. De repente, se instalou de vez. Fez morada e ainda avisou que estava ali para ficar por um determinado tempo. Deixou-me inquieta, com dor de cabeça, em alguns momentos com muita fome e em outros sem fome alguma. Foi difícil não conter as lágrimas ou, por vezes, os surtos de estresse com quem não tinha nada a ver com a história. Ela me deu azia, alergia e insônia. Ela realmente mostrou a que veio.

A tal da ansiedade tem personalidade forte. O seu objetivo principal é contribuir para o sofrimento por antecipação. Antes de algum acontecimento, seja ele bom ou ruim, ela chega para ficar. E quanta angústia nos traz. Um sentimento que, apesar de você não conseguir ao certo identificá-lo, sabe-se muito bem reconhecê-lo. Seja qual for o motivo, ela estará por lá. A prova da próxima semana, a festa de aniversário, o projeto no trabalho, enfim, qualquer acontecimento é motivo suficiente.

E aí, quando ela chega, as pessoas querem se livrar ao máximo dela. Ansiolíticos, atividade física intensa, comida em exagero e tentativas fracassadas de dormir a qualquer custo. Qualquer alternativa é válida para aliviar os sintomas da ansiedade. Sim, se algo lhe angustia, é preciso encontrar meios de exterminá-lo. No entanto, à medida que as pessoas procuram livrar-se da ansiedade, tornam-se cada vez mais ansiosas. Ficam obcecadas pelo seu fim e esquecem de vivê-la.

Na maioria das vezes, viver a ansiedade já é uma forma de aliviá-la. Desconsidero aqui, é claro, os casos mais agudos e que realmente precisam de medidas mais drásticas. Contudo, para a ansiedade nossa de cada dia, quanto menos atenção darmos a ela, mais rápido ela nos deixará. Estar ansioso é sinal de sentimento à flor-da-pele.  E sentimento, por mais que não nos traga sensações sempre tão boas, é sentimento. É sinal de que você se afeta pelas coisas e que elas te afetam de alguma forma. Afinal, você está vivo.

Quando ela chegar, não a recrimine. Dê um certo acolhimento a ela. Sinta-a, mas não a dê tanta atenção, pois é isso que ela busca. As dores de cabeça, as alergias e as tantas outras consequências da ansiedade são sinais de que ela quer chamar a sua atenção a qualquer custo. Trate esses sintomas e esqueça da ansiedade. Saiba que ela está ali porque algo importante está prestes a acontecer. E você só irá saber se foi bom ou ruim depois de passar por aquele momento. Nesses casos, sofrer por antecipação só lhe fará sofrer à toa. E de sofrimentos, já basta o que a vida nos traz.

Portanto, seja bem-vinda, ansiedade. Chegue, sente-se, mas não se sinta muito à vontade. Por aqui, você não faz morada. Os seus dias estão contados.

29 maio 2016
Comente
Compartilhe