Slider

Resenhas, Beleza

Resenha: Sabonete líquido facial Glycare

glycare2

Minha pele é mista, mas no meio dessas viagens ela às vezes dá um “tilt”, sabem? Depois que eu voltei do Vietnã e do Camboja (e passei o maior calor da minha vida! Haha) peguei um super frio em Londrina. Resultado: muita sensibilidade e algumas espinhas! Não sou nenhuma expert em pele, mas acredito que o essencial (e o que mais funciona pra mim) é hidratar bem e usar um sabonete que limpe profundamente a pele! Não tem muito segredo…

Recebi em casa o sabonete líquido facial Glycare da Mantecorp Skincare – acho os produtos da marca ótimos e, o melhor, estão a venda em qualquer farmácia do Brasil  – e estava super animada para testar! O bacana é que, nessa mesma semana, fui na minha dermatologista e ela falou muito bem desse produto. Seu grande diferencial é a presença de Ácido Glicólico na fórmula, que promete remover as impurezas sem ressecar a pele e ainda preservar o equilíbrio natural e, de quebra, hidratar. Confesso que fiquei com um pouco de medo quando li “ácido” porque minha pele é muito sensível, mas ele realmente limpa sem ressecar, e o ácido nesse caso ajuda na renovação celular natural da pele. Minha dermatologista também me falou que o Ácido Glicólico é também anti-idade e que pode “preparar” a pele para receber o creme rejuvenescedor, o que não é nada mal, né?

O Glycare realmente dá uma sensação de limpeza profunda (também ajuda a tirar a maquiagem – mas só lembrando que ele não é um demaquilante, então precisa ser enxaguado) e, apesar do ácido, não ressecou nem um pouco a minha pele! A indicação do produto é para pele normal a mista – consulte sua dermatologista, ok? 🙂

Eu prefiro a versão líquida mesmo, mas tem também o sabonete em barra!

Preço: em média R$41,00 (120 ml)

Beijos,

Luisa

01 jun 2016
Comente
Compartilhe

Beleza

Desafio Detox da Pele de Neutrogena

Antes de viajar para Paris, NEUTROGENA® me propôs um “Desafio de Detox da Pele” para que eu ficasse bem linda lá na semana de moda! Durante o desafio eu teria que usar uma rotina de produtos específicos para minha pele por 7 dia e depois ver a diferença. Vou ser bem sincera, minha pele é boa, mas ela estava bem acabadinha depois de uma temporada na praia e de tantas viagens, sabe? Estava seca, bem desidratada mesmo. E, como em Paris estava frio, estava morrendo de medo de ficar com uma pele de lagarto por lá.

Daí surgiu essa parceria incrível com a NEUTROGENA®. Ufa! A cientista da marca estudou minha pele, que é seca, e sugeriu alguns produtos para que eu fizesse uma rotina de dia e de noite durante a semana de moda. Tive que seguir a risca o passo-a-passo dessa rotina: 1º limpar com um demaquilante (normalmente só a noite) e em seguida com o gel de limpeza, 2º tonificar, 3º hidratar e 4º proteger. Fiquei muito feliz com o resultado – sério, me surpreendi positivamente!  Apesar de todo vento gelado no rosto, horas dentro do avião, pouco sono e muita maquiagem, minha pele ficou hidratada e bonita.

Eu gostei de todos os produtos, mas dois realmente ganharam o meu coração e um espaço cativo na minha necessáire: o NEUTROGENA® DEEP CLEAN® Fluído Bifásico Demaquilante e o NEUTROGENA® Ultra-Light Hidratante Facial Dia FPS 30 – Pele Normal a Seca.

DSC01106

Vou contar uma coisa para vocês: eu morria de medo de usar maquiagem à prova d’àgua, pavor mesmo! Isso porque minha pele é super sensível, a região dos olhos mais ainda, e a ideia de ficar “esfregando” com demaquilante para a maquiagem sair me deixava nervosa só de pensar. Mas, como li resenhas muito boas sobre esse produto, resolvi testar… e, gente, foi super tranquilo! O Demaquilante Bifásico de Neutrogena é bem levinho, não arde, não irrita a pele, e tira toda a make bem rapidinho. Amei!

DSC01107

Eu conheço esse produto há algum tempo já, e ele é um dos meus hidratante preferidos! O Hidratante Ultra Light (o meu é para pele normal a seca, mas tem para peles oleosas também) hidrata muito a pele, sem “melecar”, sabe? Tem uma textura bem levinha, zero pesada, que é absorvida facilmente pela pele – ou seja, é perfeito para passar antes da make. Outra coisa bacana é que ele tem FPS 30, ou seja, ainda deixa a pele protegida contra o sol!

E vocês? Já experimentaram algum desses produtos de NEUTROGENA®? O que acharam do Detox da Pele?  Caso a sua pele não seja seca como a minha, clique aqui se ela for mista ou aqui se ela for oleosa e veja qual a melhor rotina de cuidados para a sua pele!

Quando voltamos de Paris, eu, Nina e Camila gravamos um vídeo bem bacana contando um pouco mais sobre a experiência do Detox para vocês, vejam aqui!

Beijos,

Luisa

23 abr 2015
Comente
Compartilhe

Beleza

Cuidados com a pele no avião

Oi, gente! Existe um lugar que faz com que nossa pele fique um terror: no avião. O ar de dentro da aeronave é extremamente seco, e faz com que a pele já seca fique mais desidratada e a pele oleosa, mais oleosa (existe uma explicação para isso!) – ou seja, a gente sai de lá com uma aparência nada radiante, né? Sem contar que os efeitos de uma longa viagem ficam na nossa pele por dias! Como eu viajo bastante, tenho ótimas dicas de como cuidar da sua pele no avião – que não envolvem levar 200 mil cremes e tentar fazer um dia de spa no banheiro suuuper espaçoso e iluminado da aeronave, tá? Haha!

jackieo1

1- Lave o rosto e aplique um hidratante ou serum: É o principal! Antes de embarcar, lave o rosto com seu produto de escolha (amo o Dermotivin foam para pele mista) e aplique um hidratante poderoso no rosto e na região do pescoço, de preferência com fator de proteção solar – eu amo o Ultra-Light da Neutrogena, que tem FPS 30. Outra opção é passar um serum hidratante e um protetor solar por cima. Ah, é importante reaplicar o hidratante ou o serum durante o vôo!

IMG_3649

2- Protetor solar é importante: Muita gente não sabe, mas é recomendado usar proteção solar dentro do avião durante vôos diurnos! Como você está mais próximo do sol durante o vôo e também por causa do ar externo rarefeito que filtra menos a radiação, os raios ultravioletas ficam ainda mais perigosos – e mesmo a janela de acrílico não consegue bloquear todos.

3- Combater a oleosidade: Outro efeito nada agradável de um longo vôo são as temidas espinhas. Como eu disse ali em cima, o ar seco da cabine faz com que pele seca fique mais desidratada ainda e a pele naturalmente oleosa fique desidratada E mais oleosa. Calma, explicação: como a pele reconhece que está desidratada, a produção de óleo é estimulada – um ambiente propício para bactérias, que causam espinhas. A solução? Use aqueles lencinhos anti-oleosidade durante o vôo – o meu preferido é o Oil Absorbing Sheets da Clean & Clear – compro tipo uns 10 toda vez que vou para os EUA! Eles removem o excesso de óleo sem ressecar a pele.

IMG_3651

4- Água termal não é uma boa ideia: O ar seco absorve água da onde conseguir – então, quando você borrifa água termal no rosto, o ar do avião vai literalmente “roubar” a umidade! Ou seja, sua querida água termal não vai fazer diferença alguma no avião e pode até ressecar mais a pele. Decepção, né?

5- Não se esqueça da região dos olhos e da boca: Para hidratar a região dos olhos e também para evitar o inchaço e as olheiras, aplique também um creme próprio para essa área do rosto, que é bem sensível. Eu sempre usei o All About Eyes Rich da Clinique, é o melhor! A boca também resseca muito e não tem jeito, o Carmex sempre salva nos momentos mais críticos.

IMG_3653

6- Beba água e se movimente:  No avião, é sempre bom beber mais água que o habitual – evite bebidas alcóolicas e ricas em cafeína, que desidratam. Nos momentos em que o sinal de apertar os cintos está desligado, levante e dê uma voltinha, se alongue – isso melhora a circulação e evita o inchaço, o que vai deixar você bem menos “acabada”! Uhuu!

7- Pós vôo: esfoliação + máscara: É importante tratar a pele quando você chegar no seu destino – os efeitos de um vôo longo na sua pele podem durar dias! Primeiro, use um esfoliante facial para remover as impurezas acumuladas durante o vôo – eu uso o Dermotivin scrub, que é para todos os tipos de pele. Depois de enxaguar, aplique uma máscara facial hidratante bem “power”: eu gosto da Facial Purifying Clay Mask de açaí da marca Freeman, que vende em qualquer farmácia dos EUA e é super baratinha. É só deixar por uns 10 minutos e enxaguar com água morna! Sério, isso vai dar um “up” total no seu rosto e devolver os nutrientes que sua pele precisa. 

IMG_3655

Gostaram das dicas?

Beijos,

Luisa

02 jul 2014
Comente
Compartilhe

Saúde, Maquiagem, Beleza, Bem Estar

Maus hábitos que afetam sua pele

Muita gente pensa que cuidar da pele se resume a comprar vários cremes – na verdade, nossos hábitos também afetam, e muito, não só nossa saúde mas nossa aparência também! Esses são alguns maus hábitos que vocês já podem começar a largar, haha!

A lot of people think you just have to buy a bunch of products to take care of your skin. The truth is, our habits affect not only our health but also our looks, too. Here are some bad habits that you can start kicking already – for your skin and health’s sake! 

1) Não passar protetor solar: Tá, eu sei que essa tecla já está muito bem batida, mas não custa falar de novo – o protetor solar, com o fator mínimo de 30, é essencial para evitar o envelhecimento da pele, além de doenças como o câncer.

– Skipping sunscreen: It’s the best way to keep your skin from looking wrikled, saggy and speckled is sunscreen, SPF 30 at the minimum. 

2) Fumar: Sabiam que a cada 10 anos fumando, você ganha aproximadamente 2.5 anos de idade? Fumar não só afeta sua saúde, mas envelhece e pode causar manchas à sua pele.

– Smoking: Every decade of smoking results in a perceived extra 2.5 years of age. It does  ot only damage your health, but you’ll develop more deep wrinkles and blotchier skin tone.

3) Beber em excesso: Pode acelerar a flacidez da pele com o tempo, porque o álcool aumenta o nível de agentes inflamatórios na corrente sanguínea. Não tem problema nenhum tomar um drink um dia ou outro, o problema é tornar a bebida um hábito ou exagerar na dose.

– Drinking too much: Alcohol increases the level of inflammatory agents in the bloodstream, which can hasten skin sagging over time. You can still have a drink one day or the other, the problem is exaggerating!

4) Escolher produtos errados para seu tipo de pele: É importante ir em uma dermatologista para ela identificar os produtos adequados de acordo com o seu tipo de pele (oleosa, mista, seca ou sensível). Ah, e exagerar na quantidade dos produtos também não é uma boa ideia!

– Picking the wrong products: It’s important to go to a dermatologist so that she can identify your skin tipe (oily, sensitive, combinated or dry) and indicate products according to it. Overloading on products is also not a good idea!

5) Ignorar seu pescoço e colo: Muita gente esquece dessas áreas, que, além de estarem quase sempre expostas, são delicadas e tão sujeitas ao envelhecimento quanto a pele do rosto – mas raramente recebem a mesma dose de hidratação e proteção.

– Ignoring your neck and chest: A lot of people forget about these areas, that are almost always exposed but rarely receive same level of hydration and sun protection as the face. But the skin there is delicate and just as vulnarable to photoaging.

6) Não limpar os pinceis de maquiagem: O correto é lavá-los a cada três semanas: pinceis sujos podem obstruir os poros e causar até infecções na pele.

– Using dirty makeup brushes: The ideal is washing them once every three weeks. Dirty brushes can clog pores and even cause bacterial infections.

7) Falar muito no celular: O celular (ou telefone) pode estar totalmente limpo e sem bactérias, mas mesmo assim, o contato dele com a pele do seu queixo ou bochechas causa fricção e calor – o que pode levar às temidas espinhas.

– Talk constantly on the phone: The cellphone (or phone) can be clean and bacteria-free, but still, resting your chin or cheek against it can cause friction and heat – which can make you break out.

8) Limpar ou esfoliar demais a pele: Você estará na verdade aumentando a  quantidade de óleo produzido pela pele – o que aumenta a quantidade de espinhas.

– Overexfoliating or harsh cleansing: Can actually increase oil production – worsing breakouts.

9) Não lavar o rosto à noite: Além de estar com o excesso de óleo acumulado durante o dia, tem também a maquiagem! Isso leva à obstrução dos poros e a produção de cravos e espinhas, principalmente se sua pele tiver tendência à acne.

– Not washing your face at night: Letting skin marinate in makeup and a day’s worth of oil buildup can lead to clogged pores and zits, specially if you’re prone to acne.

10) Comer “junk food” e não fazer exercícios: Sua dieta afeta, sim, sua pele (além do cabelo, unhas e sua saúde, claro!) – é comprovado que pessoas que comem de modo mais saudável têm menos espinhas. Além disso, o exercício físico diminui a tensão, o que resulta em uma pele melhor. Claro, você deve lavar seu rosto logo depois!

– Eating junk food and skipping the gym: Your diet afects your skin (besides your hair, nails and health) – people who eat healthy tend to break out less. Also, exercise decrease tension, which lead to a better looking skin. Of course, you have to wash your face short after.

11) Tomar sol: Pode causar o envelhecimento precoce da pele e maior tendência ao câncer de pele. Evite horários entre as 10h – 16h e use sempre protetor solar (reaplique a cada duas horas). As camas de bronzeamento podem ser ainda piores – sabia que o seu risco de câncer é igual a do gás mostarda e arsênio?

– Tanning: Can cause premature aging and increase the likelihood of skin cancer. Avoid sun hours beetween 10am and 4pm and always wear sunscreeen, reapplying every two hours. Tanning beds can be even worse – did you know that they’ve recently been considered to be on par with arsenic and mustard gas in the top cancer risk category?

 

Espero que vocês tenham gostado das dicas!

Beijos,

Luisa

26 out 2012
Comente
Compartilhe